09/08/2010 22:00

Cientistas criam gelo artificial em temperaturas elevadas

 Os Esportes de Inverno

, tais como patinação no gelo e esqui, podem estar deixando de ser um privilégio dos países do Hemisfério Norte. Cientistas espanhóis descobriram um método de fazer gelo a temperaturas muito mais elevadas do que o 0°C, o que pode facilitar muito a confecção de neve artificial e pistas de gelo a céu aberto em países tropicais, além de diminuir a energia que se gasta com geladeiras e freezers.

Já se havia tentado fazer isso há muito tempo, mas as tentativas haviam falhado, segundo os cientistas, pelo seguinte motivo: o que se procurava era imitar as estruturas químicas hexagonais para se induzir criação de gelo ou provocar cristais de neve. Mas até agora não se achou a substância 

ideal para isso. O Centro Espanhol de Nanociência e Nanotecnologia, dessa vez, conseguiu: trabalharam com um mineral chamado Fluoreto de Bário (BaF2), e parece que funcionou.

Essa substância tem a estrutura hexagonal necessária para a formação do gelo, mas tinha dificuldades em se manter assim. A vantagem é que, ao contrário das outra substâncias, as moléculas de BaF2 que se soltam do conjunto congelado, com o “derretimento” gradual, tendem imediatamente a se condensar novamente, mantendo a estabilidade desse gelo sintético. E todo esse procedimento pode ser feito ao ar livre, em uma praia de Copacabana, sob um sol de 40 graus.

—————

Voltar


http://jccontabilidade.webnode.com.br